100%

VEREADORA IDA MACHADO - PDT

      Vereadora Ida Machado - PDT levantou questão em relação às frequentes solicitações por parte do Executivo de devolução da verba do Legislativo.
    O que chama atenção segundo a Vereadora Ida, é a diversidade dos pedidos, ora vem do Executivo, ora vem dos vereadores da base do Governo, que pedem a devolução do dinheiro a devolução para construção de sede social no loteamento Popular, o  Executivo pede repasse para pagar plantões médicos, outra para ajudar entidades esportivas e reformas de escolas, e agora mais um pedido que propõe a compra de insumos para agricultura familiar, mostrando que não há sintonia de relação entre o Executivo e seus Vereadores da base de governo. Com a variedade das solicitações fica claro que o Executivo não tem definido uma prioridade de ações nos seus projetos, demostra uma fragilidade no que diz respeito a um planejamento adequado para uso do dinheiro público.
 
      Outro fato que causa estranheza, segundo a vereadora, é que toda vez que o Legislativo se propõe a devolver verba indicando projetos ou eventos que julga importante para nosso município recebe um “Não” por parte do Executivo, que acaba absorvendo os gastos, simplesmente para não aceitar a ajuda do Legislativo, e não ter com isso que reconhecer perante a comunidade a participação da Câmara em seus atos, deixando muito claro uma forma de governo autoritário que não aceita repartir o apoio com o legislativo, principalmente porque a gestão da Câmara está nas mãos dos vereadores de oposição, que buscam sempre agir com muita coerência quando se trata de gastos do dinheiro publico.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 10/08/2018 - 15:21:17 por: Adejanir Silva de Vasconcelos - Alterado em: 10/08/2018 - 15:24:08 por: Adejanir Silva de Vasconcelos

Notícias

Fala do Vereador Eduardo Silva na Tribuna da Câmara - Sessão 11/03/19
Fala do Vereador Eduardo Silva na Tribuna da Câmara - Sessão 11/03/19

Tópicos abordados:
- Delegacia Regional da Mulher (Uma ação da vereadora Ida Machado em Arambaré);
- Reunião para criação da Associação dos Catadores de Arambaré;
- Lei que proíbe a distribuição de canudos plásticos em Arambaré;
- Lei que define a Figueira como símbolo da Natureza em Arambaré e determina o segundo sábado de novembro como o Dia da Figueira;
- Projeto de Lei que determina as informações obrigatórias no carnê de IPTU;
- Aprovação da Moção de Repúdio da Reforma da Previdência e
- Aprovação da Moção de Repúdio contra o prefeito Alaor pela não realização do Carnaval.

PORTAL DA COMUNICAÇÃO
PORTAL DA COMUNICAÇÃO

Alem das transmissões ao vivo, via rádio e Facebook, agora o cidadão tem mais uma forma de interagir com o Poder Legislativo de Arambaré.

VEREADOR - Miro Curto
VEREADOR - Miro Curto

VEREADOR COBRA PROVIDÊNCIAS DO EXECUTIVO EM RELAÇÃO AS COMUNIDADES DO INTERIOR DO MUNICÍPIO.